Seguidores

já é a ultima hora

já é a ultima hora
prepara-te

As imagens, com crianças mortas e outras lutando pela vida, são chocantes

O número de crianças forçadas a abandonar a Síria chegou nesta sexta-feira a um milhão,
o que representa metade do total de refugiados do conflito sírio. Mais dois milhões de
jovens menores de idade continuam no país, a serem atacados ou recrutados como combatentes,
alertaram nesta sexta-feira a UNICEF e o Alto Comissariado da ONU para os Refugiados.

"Esta milionésima criança refugiada não é apenas mais um número”, declarou o director
executivo do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), Anthony Lake.
"Trata-se de uma criança com nome e com rosto, que foi arrancada da sua casa,
talvez até de uma família, enfrentando horrores difíceis de imaginar", reforçou.

A imagem folheto lançado pela Shaam News Network da oposição síria mostra corpos de crianças
e adultos que colocam no chão, como rebeldes sírios afirmam que eles foram mortos em um ataque
com gás tóxico por forças pró-governo no leste Ghouta, nos arredores de Damasco, em 21 de agosto ,
2013. A alegação de armas químicas sendo utilizadas nas áreas densamente povoadas veio no segundo
dia de uma missão à Síria por inspectores da ONU. Ele foi prontamente negado pelas autoridades sírias.






SÃO SINAIS DA ULTIMA HORA





Ato de crueldade, pai come o filho recém-nascido


Ato de crueldade, pai come o filho recém-nascido

Um fato que chamou muita a atenção e nos deixa aflitos de tanta barbaridade, foi com relação a um pai que acabou comendo um filho recém nascido.

O fato aconteceu no município de Tabubil, Província do Oeste, de Nova Guiné (África). O bebê que tinha apenas uma semana de nascido foi morto com requintes de crueldade pelo papai que acabou comendo a criança ainda viva na frente de dezenas de pessoas.

Após ser preso o pai do recém nascido alegou que estava em estado de choque.





















fonte:http://mundonoticiasbrasill.blogspot.com.br/2013/11/ato-de-crueldade-pai-come-o-filho-recem.html


jesus, jesus