Seguidores

já é a ultima hora

já é a ultima hora
prepara-te

As imagens, com crianças mortas e outras lutando pela vida, são chocantes

O número de crianças forçadas a abandonar a Síria chegou nesta sexta-feira a um milhão,
o que representa metade do total de refugiados do conflito sírio. Mais dois milhões de
jovens menores de idade continuam no país, a serem atacados ou recrutados como combatentes,
alertaram nesta sexta-feira a UNICEF e o Alto Comissariado da ONU para os Refugiados.

"Esta milionésima criança refugiada não é apenas mais um número”, declarou o director
executivo do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), Anthony Lake.
"Trata-se de uma criança com nome e com rosto, que foi arrancada da sua casa,
talvez até de uma família, enfrentando horrores difíceis de imaginar", reforçou.

A imagem folheto lançado pela Shaam News Network da oposição síria mostra corpos de crianças
e adultos que colocam no chão, como rebeldes sírios afirmam que eles foram mortos em um ataque
com gás tóxico por forças pró-governo no leste Ghouta, nos arredores de Damasco, em 21 de agosto ,
2013. A alegação de armas químicas sendo utilizadas nas áreas densamente povoadas veio no segundo
dia de uma missão à Síria por inspectores da ONU. Ele foi prontamente negado pelas autoridades sírias.






SÃO SINAIS DA ULTIMA HORA





Mato Grosso do Sul quase 3 mil católicos por mês se tornam evangélicos


A Igreja Católica perdeu aproximadamente 2,7 mil fiéis por mês em Mato Grosso do Sul entre 2003 e 2009. Pelo menos 75% dos ex-devotos, ou 2 mil por mês, migraram para igrejas evangélicas, de acordo com dados do novo Mapa das Religiões da Fundação Getúlio Vargas (FGV).
Este mapa foi formado com base em dados de 2009 da POF (Pesquisa de Orçamento Familiar) do IBGE que também revela que em seis anos, o percentual de evangélicos aumentou de 19,31% para 25,32% (somando pentecostais e não pentecostais), ou seja, cerca de 178 mil novos fiéis, 2,4 mil a cada mês. No mesmo período, os católicos passaram de 71,96% dos sul-mato-grossenses para 63,7% em 2009, ou 195 mil a menos.
Apesar da diminuição de oito pontos percentuais no número de fiéis, os católicos continuam sendo a maioria no estado. Na capital Campo Grande, a queda foi ainda maior, 12,5 pontos, embora continue com mais da metade dos habitantes da cidade. Passou de 65,38% para 52,85%. Isso significa que, só na Capital, a Igreja Católica perdeu 94,6 mil fiéis.
Em 25 anos a igreja católica do brasil perdeu um quarto dos seus fiéis,são 600 mil fiéis que cada ano se afastam,segundo os dados do datafolha,no discovery fala que nos últimos 30 anos a porcentagem de seguidores do catolicismo no brasil pais que concentra a maior população católica do mundo,diminuiu de 90% para 67%,a mesma tendência é observada em outros paises da América latina.
http://www.discoverybrasil.com/continentedaesperanca/

http://noticias.gospelmais.com.br/apenas-no-mato-grosso-do-sul-quase-3-mil-catolicos-por-mes-se-tornam-evangelicos.html


jesus, jesus